Todo mundo vai dançar.

Samba, lambada, forró, bolero, rock, tango e muito mais. Shows, mostras, oficinas, exposições de fotos, filmes e aulões tudo com e sobre dança de salão.

Uma proposta genial numa idéia simples...

Levar à sociedade em geral, em movimento nacional, a oportunidade de conhecer e viver a Dança de Salão, uma riqueza cultural que busca reconhecimento.

Professores e dançarinos vão tirar a dança de salão das academias e levá-la, de forma unida e organizada, para o grande público. Esse é o principal objetivo do "Brasil a Dois" que também pretende abrir caminho para a formação da Associação Nacional de Dança de Salão.

Porque divulgar a Dança de Salão?

O Brasil a Dois pretende fazer com que todos percebam a força da dança de salão enquanto movimento cultural, promovendo uma divulgação fidedigna, mostrando como ela realmente é, e não carregada de estereotipias.

É preciso fazer perceber que a dança de salão não pertence a um mundo perdido no passado - ela é uma prática viva e presente, acessível a todos.

Quem lida com dança, conhece todas vantagens e o bem-estar que o dançar a dois proporciona; desfruta de ambientes agradáveis, freqüentados por pessoas alegres, sociáveis e cheias de vida, onde aprende-se a respeitar e a gostar mais de si e do outro. Ouve-se boa música, sabe-se reconhecer os diferentes ritmos e expressar os sentimentos através dos movimentos. Tem a criatividade aguçada, o riso fácil, o corpo ágil - treinado sem sofrimento.

É uma das poucas formas de lazer que despertam o interesse de todas as faixas etárias, facilitando a participação de crianças, jovens e adultos - que efetivamente, colorem os salões do país de diversidade. Nos ambientes de dança de salão não há barreiras sociais ou de credo e reina a paz. Ou alguém já viu baile de dança de salão com sistema de segurança ostensiva?

Apesar de tudo isso, um público muito pequeno tem a oportunidade de ver de perto um casal dançando um ritmo de salão e a grande maioria sequer tenta o primeiro passo de dança, pensando ser preciso dotes especiais.

Daí a justificativa para o "Brasil a Dois" que propõe estratégias simples que podem tornar mais eficazes os esforços, antes isolados, para resgatar a popularidade e a tradição das danças de par.

O Brasil a Dois conta com o apoio e/ou participação de inúmeros profissionais e entidades entre eles: Agenda da Dança de Salão Brasileira, Approach Comunicação e Eventos, Carlinhos de Jesus, Funarte, Firma Comunicação, Jaime Arôxa, Jornal Dança, Arte & Ação, Jornal Dance, Jornal Rio em Movimento, Maria Antonietta, Mimulus Dança de Salão, Revista Infok e Sindicato dos Profissionais da Dança do Rio de Janeiro.



Contato: almad@dancecom.com.br     Tels.: (5521)8534-0304 ou 2568 7823.
Site criado por